Atletas da canoagem atribuem medalha a projeto de Lula ao vivo na Globo

A dupla brasileira de canoagem, Isaías Queiroz e Erlon Silva, em entrevista para jornalista da TV Globo, atribuíram seu sucesso na olimpíada à projeto de incentivo ao esporte criado por Lula, em 2003.

8587 0

Dupla brasileira de canoagem, Isaquias Queiroz e Erlon Silva, em entrevista para jornalista da TV Globo, atribuíram seu sucesso na olimpíada ao programa Segundo Tempo, criado por Lula em 2003

Por Redação

Na noite deste sábado (20), a dupla de canoagem brasileira, Isaquias Queiroz e Erlon Silva concedeu entrevista para a repórter da TV Globo, Renata Vasconcelos. Os dois apontaram o programa Segundo Tempo, criado durante o governo Lula pelo Governo Federal e pelo Ministério do Esporte, como um dos responsáveis por seu sucesso na Olimpíada.

A dupla ganhou medalha de prata na prova de 1.000m masculina. Nas provas individuais, Isaquias ganhou mais uma prata e um de bronze, tornando-se o atleta brasileiro a ganhar mais medalhas durante em uma mesma Olimpíada.

Promovidos a heróis nacionais pelas redes sociais, os atletas tiveram seu lugar garantido em entrevista ao vivo para o Jornal Nacional e quando perguntados sobre como descobriram o esporte, a resposta surpreendeu: “A gente começou com um programa do governo federal, o Segundo Tempo, que tinha vôlei, futebol e canoagem. Como eu gostava de água, fui para a canoagem”, disse Erlon.

O programa citado pelos dois atletas ao vivo foi implantado por Lula nos primeiros meses do seu primeiro mandato, em 2003. Quando o projeto começou a funcionar, Isaquias e Erlon tinham, respectivamente, 9 e 12 anos.

Foto: reprodução



No artigo