Justiça manda Facebook excluir perfis com sátiras de João Dória

Os perfis “João Escória” e “João Dolar Júnior” foram considerados “ofensivos” e foram retirados do ar a pedido da coligação do PSDB chamada Acelera SP Por Redação...

1497 0

Os perfis “João Escória” e “João Dolar Júnior” foram considerados “ofensivos” e foram retirados do ar a pedido da coligação do PSDB chamada Acelera SP

Por Redação

A Justiça Eleitoral mandou o Facebook excluir perfis que fazem sátira com o candidato à prefeitura de São Paulo, João Dória (PSDB). Os perfis “João Escória” e “João Dolar Júnior” foram considerados “ofensivos” e foram retirados do ar a pedido da coligação do PSDB chamada Acelera SP.

Na decisão sobre o perfil “João Escória”, o juiz Sidney da Silva Braga disse que o perfil “atinge a honra” de Dória e que “ultrapassa os limites da liberdade de expressão”.

“Se, de um lado, todos têm direito à livre expressão de sua opinião, têm, também, o dever de expressar tal opinião de forma que não atinja a honra de ninguém, tanto a subjetiva (conceito de si mesmo) quanto a objetiva (reputação perante a sociedade em geral)”, escreveu.

Leia aqui também: Apos piadas, assessoria de Dória pede que ele não seja fotografado enquanto come

O juiz Marcio Teixeira Laranjo, responsável pelo caso do perfil “João Dolar Júnior”, determinou a exclusão do perfil no prazo de 24 horas sob pena de multa diária de R$ 2.000, além de obrigar o Facebook a fornecer os dados dos donos da página.

Segundo o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), o Facebook não costuma ceder informações de usuários. As informações foram publicadas no jornal Folha de S.Paulo.

Essa não é a primeira vez que o tucano fica ofendidos com piadas feita a seu respeito. A assessoria do candidato pediu que Dória não seja fotografado ou filmado enquanto come, para que respeitem esse “momento de privacidade”. Imagens dele fazendo careta viralizaram nas redes sociais.



No artigo

x