Brasileira vítima de violência doméstica no México é impedida de ver os filhos

Marina de Menezes conta ter sido vítima de violência física e psicológica e, ao entrar com pedido de divórcio, os filhos foram sequestrados pelo ex-marido.

1512 0

Marina de Menezes conta ter sido vítima de violência física e psicológica e, ao entrar com pedido de divórcio, os filhos foram sequestrados pelo ex-marido

Por Redação

A brasileira Marina de Menezes publicou um vídeo nesta quinta-feira (25) em sua página do Facebook denunciando a situação que está vivendo no México, onde mora há oito anos e meio. Marina conta que foi vítima de violência física e psicológica pelo seu ex-marido.

“A violência na minha casa acontecia em qualquer hora, em qualquer lugar, diante das crianças ou não. Eu sofria de violência física, psicológica e emocional”, afirma. “Na última vez em que ele me agrediu, ele tentou me enforcar e me deixou inconsciente por alguns minutos. As últimas coisas que eu lembro de ter escutado foram os choros e os gritos dos meus filhos pedindo para ele parar”.

Marisa era casada com um mexicano e há cinco meses e meio ela diz que vem tentando ficar com a guarda dos seus dois filhos, uma menina de três anos e um menino de seis, mas que a juíza responsável a impede de encontrar com as crianças.

“O consulado brasileiro e a embaixada brasileira já entrou no caso, eles estão ajudando a gente. Eles estão fazendo tudo que é possível, mas a juíza ignora todos os pedidos deles também. Eu cansei de esperar em silêncio, eu cansei de ficar calada vendo toda essa injustiça acontecer”, diz.

Em um outro momento do vídeo ela conta o que ouviu do Ministério Público mexicano quando foi fazer a denúncia contra seu ex-marido.

“Quando eu fui entrar com o processo de violência doméstica no Ministério Público também, a resposta que eu recebi foi: você deve ter feito alguma coisa para irritar ele, você deve ter merecido apanhar”, completa.

Ela acusa a justiça mexicana de estar agindo assim pelo fato de ser estrangeira e estar sozinha no país. O vídeo publicado por Marisa de Menezes já foi visto por mais de 35 mil pessoas.



No artigo

x