Com o golpe em curso, Serra recebe executivos da Shell

"Como já se sabe, a venda do pré-sal brasileiro é ponto central do golpe de estado em curso em nosso país", escreveu o deputado Wadih Damous (PT-RJ) em um post no Facebook.

2359 0

“Como já se sabe, a venda do pré-sal brasileiro é ponto central do golpe de estado em curso em nosso país”, escreveu o deputado Wadih Damous (PT-RJ) em um post no Facebook

Por Redação

Ao mesmo tempo em que os senadores realizam o julgamento final do processo de impeachment contra a presidenta eleita Dilma Rousseff, o atual ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), recebeu nesta quinta-feira (25) executivos da empresa Shell.  A informação foi dada pelo deputado Wadih Damous (PT-RJ) em um post no Facebook.

“Como já se sabe, a venda do pré-sal brasileiro é ponto central do golpe de estado em curso em nosso país. Para isso, querem fazer a sociedade acreditar que a Petrobras necessita de investimento estrangeiro quando, na verdade, existe uma aliança verdadeiramente serviçal com o objetivo de entregar a preço de banana nossa grande riqueza”, escreveu o deputado.

serra-agenda_com_shell

Foto de capa: Agência Senado



No artigo

x