Em protesto contra Temer, marginais e rodovias são bloqueadas em São Paulo

Com a proximidade da decisão final sobre o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, protestos bloqueiam vias em São Paulo.

1494 0

Com a proximidade da decisão final sobre o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, frente Povo Sem Medo repudia presidente interino e a violência policial empregada contra manifestantes na noite passada

Por Redação

Em resposta à ação violenta da polícia na noite desta segunda-feira (29) na Avenida Paulista e contra o governo interino de Michel Temer, manifestantes pró-Dilma e integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) iniciaram às 6h da manhã desta terça (30) uma série de bloqueios nas marginais e em uma rodovia de São Paulo. A ação é coordenada pela Frente Povo Sem Medo.

As marginais Tietê e Pinheiros foram bloqueadas, bem como a Radial Leste e a rodovia Régis Bittencourt. Os protestos contavam com faixas de “Fora, Temer” e pediam o fim da violência da polícia militar, que na noite de ontem lançou bombas de gás contra manifestantes a favor de Dilma Rousseff. Dois ativistas que estavam na marginal Pinheiros foram presos e levados para uma delegacia na Zona Sul.

Em reta final, o processo de impeachment enfrenta manifestações marcadas para hoje (30) em boa parte do país. A previsão para a divulgação da decisão final do processo no Senado é de quarta-feira pela manhã. Michel Temer, que viajaria para a China, adiou o embarque para esperar o resultado.

Veja imagens da Marginal Pinheiros bloqueada.

Fotos: Mídia Ninja



No artigo

x