Conheça os golpistas: um pequeno histórico dos senadores que votaram pelo golpe

Você sabia que o Acir Gurgacz deu parecer pela aprovação das pedaladas fiscais em 2014, durante governo Dilma? Senador votou a favor do impeachment de crime que teria ocorrido quando era um dos relatores responsáveis pela aprovação.

5012 1

Você sabia que o Acir Gurgacz (PDT-RO) deu parecer pela aprovação das “pedaladas fiscais” em 2014, durante o governo Dilma? Senador votou a favor do impeachment, que afastou Dilma pelo mesmo tipo de operação que aprovou. Nesta série de reportagens, Fórum irá fazer um breve resumo sobre os senadores que votaram a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff

Por Matheus Moreira

Acir Gurgacz é filiado ao PDT (Partido Democrático Trabalhista), senador pelo estado de Rondônia e em 2014 foi um dos relatores responsáveis pela aprovação das operações orçamentárias do governo Dilma que ficaram conhecidas como “pedaladas fiscais”. Dilma foi afastada da presidência da República pelo mesmo tipo de operação realizada em 2015.

O Partido dos Trabalhadores e a própria Dilma tiveram uma surpresa com a manifestação de Gurcacz em conformidade com a oposição que encaminhou o processo de impeachment, uma vez que o próprio senador estava diretamente envolvido nos “crimes” pelos quais a petista foi condenada nesta quarta-feira (31).

O senador é também empresário. Gurgacz é dono da Eucatur, empresa de transportes que deve R$ 732 milhões para o governo federal. Gurgacz teve sua residência e o prédio onde funciona a administração da Eucatur vendidos em leilão judicial para quitação da dívida. Somados, os dois imóveis abateriam, se vendidos em primeiro lote, apenas R$ 26 milhões.

Foto: André Corrêa/Agência Senado



No artigo

1 comment

  1. Nonato Menezes Responder

    O Senado não é uma casa de Legisladores. O Senado é uma casa de moleques.


x