Defesa de Lula vai recorrer ao Conselho do MP por conduta dos procuradores da Lava Jato

“Nenhum membro do Ministério Público pode antecipar juízo de valor em relação a uma investigações não concluída”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins Por Victor Labaki...

1405 0

“Nenhum membro do Ministério Público pode antecipar juízo de valor em relação a uma investigações não concluída”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins

Por Victor Labaki

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira (15) que vai recorrer ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) contra os procuradores da Lava Jato sob a acusação de “antecipar o juízo de valor sobre uma investigação não concluída”.

“Nenhum membro do Ministério Público pode antecipar juízo de valor em relação a uma investigações não concluída. Essa regra é clara, foi editada pelo CNMP, mas parece que não foi observada neste caso”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins.

Ele disse também que já existe uma investigação em curso, mas que o pedido foi reforçado depois da entrevista coletiva da última quarta-feira (15) em que, segundo a defesa, os procuradores atentaram contra a honra de Lula.

“Hoje nós reforçamos o pedido diante daquele espetáculo indevido que foi realizado na data de ontem para confirmar a conduta que vinha sido adotada com o intuito de enxovalhar a reputação do ex-presidente Lula e de sua família. É uma medida jurídica, é apropriada já que os membros do Ministério Público usam do cargo para macular a honra de um cidadão”, completou o advogado.

O ex-presidente fez um pronunciamento nesta quinta-feira (15) no “Novotel Jaraguá”, no centro de São Paulo, e também criticou a atitude dos procuradores da Lava Jato.

“Eu conquistei o direito de andar de cabeça erguida nesse país. Provem uma corrupção minha que eu irei a pé até Curitiba, como as pessoas vão para Aparecida do Norte pagar as promessas, eu irei a pé”, disse Lula.

Foto de Capa: José Cruz/Agência Brasil



No artigo

x