Indicado de Temer para Funai é um “anônimo” para movimento indígena

Temer exonera Artur Nobre Mendes do comando da FUNAI e indica Agostinho do Nascimento Netto, “anônimo” para movimento indígena, para o cargo.

1102 0

Por meio do Ministério da Justiça, Temer exonera Artur Nobre Mendes do comando da FUNAI e indica Agostinho do Nascimento Netto, assessor de Alexandre de Moraes e “anônimo” para movimento indígena

Por Matheus Moreira

Nesta terça-feira (20), o governo do presidente empossado Michel Temer, por meio do seu ministro de Justiça, Alexandre de Moraes, exonerou Artur Nobre do cargo chefia da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e nomeou o agora ex-assessor de Moraes, Agostinho do Nascimento Netto.

Para a reportagem da Fórum, o secretário executivo do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Cleber Buvatto, disse que o Conselho recebe a nomeação com “grande surpresa pois não havia nenhuma indicativa dessa mudança”. Além disso, Cleber aponta que Temer troca um substituto por outro substituto.

Quando perguntado sobre um possível histórico de Netto com a causa indígena, Cleber foi contundente: “Não sabemos quase nada sobre ele, somente que era assessor no MJ [Ministério da Justiça]. O que Temer está fazendo é uma intervenção política do MJ na Funai para colocar aliados do governo”. Buvatto conclui apontando a dificuldade que a entidade encontra em compreender “as reais motivações da mudança”.

Foto: Agência Brasil



No artigo

x