Professora chama aluno negro de “macaco” em escola de São Gonçalo, no Rio de Janeiro

Em vídeo, Nádia Restum grita com o estudante e o chama de macaco. Mãe do adolescente registrou boletim de ocorrência.

2729 0

Em vídeo, Nádia Restum grita com o estudante de 14 anos e o chama de macaco. Mãe do adolescente registrou boletim de ocorrência. Assista

Por Redação*

Uma professora do Instituto de Educação Clélia Nanci, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, chamou um aluno de 14 anos, do 6º ano, de macaco. O caso aconteceu na última segunda-feira (19). A professora só foi afastada nesta quarta-feira (21).

Ana Silva, mãe do estudante, diz que o filho e colegas de sala presentes no momento da ofensa racial estavam jogando pingue pongue com as mesas juntas e a professora “chegou gritando com todos”. O aluno teria perguntado porque a professora estava gritando e a discussão começou.

Em um vídeo divulgado pelo portal do jornal Extra, é possível ver Nádia Restum dizer: “você está falando de mim? Você olha para o seu, seu macaco”. Em reunião, na escola, entre a mãe do estudante e Nádia, a professora negou a acusação mas voltou atrás após ver o vídeo. Ela chegou a pedir desculpas, de acordo com Ana Silva, mas a mãe do estudante teria se recusado a aceitar: “Eu não desculpo. Fazer isso com um adolescente não tem desculpa”, explicou.

O crime de injuria por preconceito foi registrado na 72ª delegacia de polícia de São Gonçalo. Em nota, a Secretaria de Educação informou afastamento da professora e repudiou o ato.

 

*Com informações do Jornal Extra

Foto: Reprodução/Jornal Extra

 



No artigo

x