São Paulo: João Doria se elegeu com menos votos que brancos, nulos e abstenções

O candidato do PSDB eleito para a prefeitura de São Paulo teve mais de 11 mil votos a menos que o número total de abstenções, nulos e brancos.

1793 0

O candidato do PSDB eleito para a prefeitura da capital teve mais de 11 mil votos a menos que o número total de abstenções, votos nulos e brancos

Por Redação

O novo prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB), foi eleito já no primeiro turno com 53,29% dos votos válidos. Seu oponente, Fernando Haddad (PT), teve 16,7% dos votos válidos. A eleição municipal foi decidida nesse domingo (2) graças aos votos brancos e nulos, bem como as abstenções.

Com a abstenção e votos nulos e brancos, exatamente 3.096.304 eleitores não manifestaram opção entre nenhum dos candidtos, de maneira que João Dória prevaleceu pelos votos já garantidos oriundos da sua campanha e da aceitação do partido por paulistanos.

As eleições não foram o único desafio de Doria, agora eleito. O tucano pode nem assumir o cargo se condenado por uma ou ambas ações na justiça eleitoral que correm contra ele. Essa eleição municipal teve recorde de abstenções, tendo o maior índice de brancos, nulos e pessoas que não votaram nas últimas seis eleições municipais.

No Rio de Janeiro e em Belo Horizonte o número de pessoas que não votaram ou votaram branco e nulo também foi superior aos votos dos candidatos que passaram para o segundo turno.

Foto: reprodução



No artigo

x