Curitiba recebe o lançamento do livro “Por que gritamos Golpe?” com debate sobre a conjuntura nacional

Evento acontece no dia 14 de outubro, no complexo da Reitoria da Universidade Federal do Paraná, e conta com a participação do autor e organizador Murilo Cleto, dos professores Valéria Pilão (História/UTP), Renato Perissinotto (Ciência Política/UFPR) e do mediador Clóvis Gruner (História/UFPR). A entrada...

1570 0

Evento acontece no dia 14 de outubro, no complexo da Reitoria da Universidade Federal do Paraná, e conta com a participação do autor e organizador Murilo Cleto, dos professores Valéria Pilão (História/UTP), Renato Perissinotto (Ciência Política/UFPR) e do mediador Clóvis Gruner (História/UFPR). A entrada é livre

Por Redação

No próximo dia 14, sexta-feira, a sala Homero de Barros do complexo da Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no 1º andar do Edifício D. Pedro I, recebe o debate de lançamento do livro “Por que gritamos Golpe?”, publicado em julho de 2016 pela editora Boitempo.

Participam do evento, além do coautor e organizador Murilo Cleto, os professores Valéria Pilão, do curso de História da Universidade Tuiuti do Paraná; Renato Perissinotto, do curso de Ciência Política da Universidade Federal do Paraná; e Clóvis Gruner, do curso de História da própria UFPR, que fará a mediação da mesa.

Mais do que uma apresentação do livro, o evento pretende colocar em discussão a conjuntura política, econômica e social do país antes e depois do impedimento da presidenta eleita Dilma Rousseff. O debate acontece às 18h30 e a entrada é livre, não havendo necessidade de inscrição prévia.

“Por que gritamos Golpe?” é o primeiro livro-intervenção com textos inéditos sobre o impeachment e a crise política no Brasil. Ilustrado com charges da cartunista Laerte e fotos do coletivo Mídia Ninja, reúne, ao todo, 30 autores, entre intelectuais, representantes de movimentos sociais e líderes políticos de grande destaque nacional e internacional.

Em pouco mais de um mês, “Por que gritamos Golpe?” já esgotou a primeira tiragem e chegou a ser um dos 20 livros de não-ficção mais vendidos do país, tendo ocupado o 4º posto de e-books mais adquiridos da Amazon.

Os exemplares, que estarão disponíveis para venda no local do debate, custam apenas R$ 15, com preço de capa acessível graças à cessão de direitos por todos os autores e organizadores envolvidos com a produção da obra. É possível confirmar virtualmente a presença no evento por meio do evento no Facebook.

golpe2Foto de capa: Janaina Carvalho/Levante Popular da Juventude



No artigo

x