Companhia aérea do Havaí pesa pessoas antes do embarque no avião e é denunciada

Um passageiro prestou queixa contra a medida, que classificou como discriminatória, uma vez que é aplicada apenas à rota de Samoa Americana, território no qual 70% da população estão acima do peso.

1058 0

Um passageiro prestou queixa contra a medida, que classificou como discriminatória, uma vez que é aplicada apenas à rota de Samoa Americana, território no qual 70% da população estão acima do peso

Por Redação

Passageiros da Hawaiian Airlines que voariam de Pago Pago, na Somoa Americana, para Honolulu, no Havaí, foram pesado antes do embarque por funcionários da companhia. A justificativa: distribuir de forma mais homogênea o peso no avião.

Um passageiro, Avamua David Haleck, prestou queixa contra a Hawaii Airlines no Departamento de Transportes dos Estados Unidos por causa da medida, que classificou como discriminatória, uma vez que é aplicada apenas à rota de Samoa Americana, território no qual 70% da população estão acima do peso.

Haleck afirma ainda que outros voos da empresa permanecem sem pesar passageiros, que podem escolher os assentos previamente durante a compra dos bilhetes.

“Não é possível mais escolher o assento com antecedência na rota Pago Pago-Honolulu. Mas para outros voos da mesma empresa, sim. Eles dizem que é por medida de segurança, mas o avião que usam é o mesmo há anos e isso nunca foi um problema. Será que nesses anos todos nós voamos sem condições de segurança?”, disse Haleck à Rádio New Zealand.

Após a repercussão do caso, a companhia aérea afirmou que irá suspender a pesagem de passageiros, mas que não voltará atrás na decisão de mudar pessoas de lugar se julgar necessário. O governo dos EUA não se manifestou sobre o assunto.

Foto: Dylan Ashe from San Jose/USA



No artigo

x