Ministro de Temer processa servidor público que o chamou de ‘golpista’ em avião

Geddel pede R$50 mil como indenização por escracho em voo. Servidor público o chamou de golpista e o acusou proteger o deputado cassado Eduardo Cunha.

1407 0

Geddel Vieira Lima pede R$ 50 mil como indenização; assista ao vídeo do momento do escracho

Por Redação

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, um dos principais articuladores do presidente empossado Michel Temer, está processando o servidor público que o hostilizou durante um voo de Brasília a Salvador, em agosto deste ano.

Com palavras de ordem e acusação de “golpista”, o homem apontava Geddel por tentar salvar o ex-presidente da Câmara e deputado cassado, Eduardo Cunha. No vídeo, que viralizou na internet, o ministro permanece calado diante da situação.

Posteriormente, ele decidiu pedir R$ 50 mil em indenização pelo escracho. Geddel é conhecido por responder críticas prontamente e de forma ácida, mas preferiu o silêncio sobre o caso.

Veja o vídeo:

Foto: Paulo Macedo / Bocão News



No artigo

x