Washington Post ironiza entrevista de Bia Doria à Folha: “Virou chacota”

Em entrevista concedida à Folha de S. Paulo, enquanto dirigia seu Porsche, a futura primeira-dama da capital paulista afirmou que “pobre só precisa de um abraço” e se comparou a Eva Perón.

3944 0

Em entrevista concedida à Folha de S. Paulo, enquanto dirigia seu Porsche, a futura primeira-dama da capital paulista afirmou que “pobre só precisa de um abraço” e se comparou a Eva Perón

Por Redação

O jornal norte-americano Washington Post publicou uma matéria nesta terça-feira (11) afirmando que a futura primeira-dama da capital paulista, Bia Doria, virou chacota no Brasil após conceder entrevista à Folha de S. Paulo enquanto dirigia seu Porsche.

Na ocasião, a socialite afirmou que “pobre só precisa de um abraço” e se comparou a Eva Perón, idolatrada pelos argentinos pela atenção dada aos mais pobres. “Todos eles viviam em barracos. Eu consegui uma casa para todos eles, arrumei seus dentes e dei um bom plano de saúde. Hoje eles estão felizes e até mesmo pensam que são artistas, porque eles são meus assistentes”, declarou à Folha, ao destacar as oportunidades que teria dado a alguns empregados.

O periódico estrangeiro ressaltou que as declarações de Bia refletem a parcela privilegiada da população e a profunda disparidade socioeconômica existente no país. Segundo a publicação, a imagem do marido dela, João Doria, está “popularmente associada com homens ricos mimados” chamados de “mauricinhos”. O texto lembrou ainda as caretas feitas pelo político ao provar comidas de rua durante a campanha, que se popularizaram em fotos nas redes sociais.

Leia a matéria na íntegra aqui (em inglês).



No artigo

x