Ex-vice-ministro de Honduras é preso pelo assassinato de Berta Cáceres

Roberto Cardona enfrentará audiência inicial no dia 11, quando se conhecerão as acusações formais. Ele facilitou licença ambiental de projeto hidrelétrico combatido pela líder indígena morta em março Da Redação, com informações da...

1033 0

Roberto Cardona enfrentará audiência inicial no dia 11, quando se conhecerão as acusações formais. Ele facilitou licença ambiental de projeto hidrelétrico combatido pela líder indígena morta em março

Da Redação, com informações da Telesur

O ex-vice-ministro de Recursos Naturais e Ambiente de Honduras, Roberto Cardona, foi detido por envolvimento no assassinato da líder indígena Berta Cáceres. Ele enfrentará uma audiência inicial no dia 11 de novembro, quando serão conhecidas formalmente as acusações.

Cardona estava foragido e foi capturado por agentes da Agência Técnica de Investigação Criminal (ATIC) em Tegucigalpa. Ele também foi acusado em 2015 por tráfico de influências em um desfalque milionário no INstituto Hondurenho de Seguridade Social.

O ex-vice-ministro ampliou uma licença ambiental do projeto hidrelétrico Agua Zarca, executado pela empresa Desarrollos Energéticos Sociedad Anónima (DESA) na região de Santa Bárbara, segundo Carlos Morazán, porta-voz do Ministério Público hondurenho.

Berta Cáceres se opunha ao projeto, que está paralisado desde março passado, porque alegava que causaria danos ambientais. A líder indígena foi assassinada no dia 3 de março e desde então foram capturados sete homens, incluindo Cardona.



No artigo

x