Ronaldo Fraga promove desfile-manifesto levando apenas mulheres trans para passarela

Quase 30 mulheres transexuais fizeram parte do desfile na São Paulo Fashion Week; estilista reforçou a necessidade de lutar contra a discriminação.

1672 0

Quase 30 mulheres transexuais fizeram parte do desfile na São Paulo Fashion Week; estilista reforçou a necessidade de lutar contra a discriminação 

Por Redação

Como crítica à transfobia, o estilista Ronaldo Fraga levou para os palcos da São Paulo Fashion Week quase 30 mulheres transexuais. Entre elas, Carol Marra, que desfilou pela última vez em sua carreira nesta quarta-feira (26) a pedido de Fraga, e Valentina Sampaio, um dos destaques da SPFW neste ano.

O desfile-manifesto teve início com a voz do estilista destacando a necessidade deste tipo de discussão. “O corpo aprisiona, e as roupas libertam o ser”, disse. Os vestidos das modelos eram muito similares, com alterações nas estampas, que tinham sua inspiração em bonecas de papel.

Fraga lembrou, em sua fala, que o Brasil é o país onde mais ocorre assassinatos de travestis e transexuais, segundo o relatório da ONG International Transgender Europe. “Estamos em tempos de guerra. Minha forma de protesto é essa. Nós não precisamos mais de roupas. A moda precisa começar a dialogar em outras frentes”, afirmou.

Veja fotos do desfile aqui.



No artigo

x