Apenas uma capital brasileira terá prefeita mulher após fim das eleições

Teresa Surita, do PSDB, se reelegeu no primeiro turno, em 2 de outubro, com 79,39% dos votos válidos. Surita governará a capital de Roraima pela quinta vez.

1131 0

Teresa Surita, do PMDB, se reelegeu para a prefeitura de Boa Vista, em Roraima, no primeiro turno, em 2 de outubro, com 79,39% dos votos válidos. Ela governará a cidade pela quinta vez

Por redação

Com 60 anos, Teresa Surita foi reeleita para a prefeitura de Boa Vista, capital da Roraima, no primeiro turno das eleições municipais de 2016 com 79,39% dos votos válidos. Essa é a quinta vez que a turismóloga estará à frente da prefeitura da cidade. Ela é a única mulher que governará uma capital brasileira nos próximos quatro anos.

Surita foi prefeita de Boa Vista em cinco outras ocasiões, de 1993 à 1996, entre 2001 e 2006 (dois mandatos) e de 2013 até hoje. Agora, seguirá no quinto mandato pelos próximos quatro anos.

No segundo turno, decidido neste domingo (30), apenas mais duas mulheres disputaram o governo de capitais: em Florianópolis, Angela Amin (PP), e em Campo Grande, Rose Modesto (PSDB), que perderam, respectivamente, para Gean Loureiro (PMDB) e Marquinhos Trad (PSD).

Com mais de 5 mil cidades em todo o Brasil, apenas 637 elegeram mulheres para prefeitura. De 57 municípios onde houve segundo turno, apenas uma mulher ganhou, Raquel Lyra, em Caruaru, Pernambuco.

Foto: reprodução



No artigo

x