“A rede pode exercer um contrapoder”, diz Sergio Amadeu

Em palestra no lançamento da Rede Fórum de Jornalismo, sociólogo destaca as mudanças no jornalismo e como as tecnologias estão impactando a comunicação. Por Redação...

953 0

Em palestra no lançamento da Rede Fórum de Jornalismo, sociólogo destaca as mudanças no jornalismo e como as tecnologias estão impactando a comunicação.

Por Redação

Neste sábado (3), a Revista Fórum promoveu o Lançamento da Rede Fórum de Jornalismo. Trata-se de um novo espaço de colaboração e trocas de conhecimento. Como explicou o editor e fundador da Fórum, Renato Rovai, a rede será uma espécie de um “think tank”. Será também um espaço de produção, construída com seus participantes.

O evento contou com a palestra do professor da Universidade Federal do ABC, Sergio Amadeu da Silveira, na parte da manhã. Segundo ele, hoje vivemos uma mudança na comunicação. “O meio técnico mudou. O rádio, por exemplo, não desapareceu, ele foi para a internet”, observou.

Como explicou Silveira, apesar de a internet ser uma rede de controle, melhora a capacidade de indivíduos poderem falar, criar seus blogs, suas redes. No entanto, o professor alertou que “o difícil não é fazer um blog, é as pessoas lerem o que você escreve”.

Silveira chamou atenção ainda que “a rede muitas vezes é mais rápida que a capacidade de apuração dos jornalistas”. Ele citou como exemplo o caso da morte de Michael Jackson, quando na internet já se falava do falecimento, mas a mídia tradicional só foi noticiar após algumas horas.

Outra questão trazida por Silveira são os novos intermediários da internet, como o Google, Microsoft e Facebook, que possui o WhatsApp. “O mundo dos blogs foi engolidos pelas redes sociais”, disse, lembrando do caso do Teatro Oficina que teve sua página na rede social excluída, no que o professor chamou de “censura privada”. “As vozes do poder estão na rede e em maior força”, comentou, destacando a importância da formação de redes que possam exercer o contrapoder.

Saiba mais sobre o evento aqui: http://bit.ly/2fW17wJ

Assista:



No artigo

x