Em áudio vazado, Lula fez o alerta: “Temos uma Suprema Corte totalmente acovardada”

Conversa do ex-presidente com Dilma Rousseff gravada em março voltou a circular nas redes como uma profecia em relação à decisão do STF sobre a permanência de Renan Calheiros no comando do Senado.

1881 0

Conversa do ex-presidente com Dilma Rousseff, gravada em março, voltou a circular nas redes como uma profecia em relação à decisão do STF sobre a permanência de Renan Calheiros no comando do Senado

Por Redação

Em conversa com Dilma Rousseff em março deste ano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já alertava para os posicionamentos demonstrados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) diante de temas cruciais para o país. No áudio telefônico, vazado na ocasião pelo juiz responsável pela Operação Lava-Jato, Sérgio Moro, o petista fez duras críticas ao órgão.

“É um espetáculo de pirotecnia sem precedentes, querida. É o seguinte: eles estão convencidos de que com a imprensa chefiando o processo investigatório eles conseguem refundar a República. Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada, um Superior Tribunal de Justiça totalmente acovardado, um Parlamento totalmente acovardado”, disse.

O diálogo voltou a circular pelas redes sociais nesta semana, depois que o STF optou por manter Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, derrubando a liminar do relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, que havia determinado o afastamento do político.

A decisão de Mello foi feita com base no pedido da Rede Sustentabilidade, que entrou com uma ação argumentando que Calheiros é réu pelo crime de peculato e, por isso, não poderia fazer parte da linha sucessória da Presidência da República.

Mesmo com a determinação do ministro, o senador desafiou a ordem e continuou no posto, até que sua permanência foi confirmada de maneira definitiva. Diante da situação, a fala de Lula passou a viralizar na internet, como uma profecia da postura contraditória tomada pelo STF.

Vídeo: Jornalistas Livres



No artigo

x