Velório de filho de Tati Quebra Barraco é marcado por protesto contra polícia

Cantora nega que tenha havido troca de tiros no momento da morte do jovem, como sustenta a PM.

2145 0

Cantora nega que tenha havido troca de tiros no momento da morte do jovem, como sustenta a PM

Por Redação

protesto
(Foto: Anderson Borde / AgNews)

O corpo de Yuri Lourenço da Silva, filho da cantora Tati Quebra Barraco, foi velado e enterrado ontem (12), no Cemitério do Pechincha, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Algumas pessoas foram até o local para protestar contra a polícia, responsável pela morte do jovem de 19 anos. Ele foi baleado em uma operação na comunidade Cidade de Deus, onde morava, na madrugada de domingo (11).

Um dos cartazes trazidos pelos presentes mostrava a frase “Afastamento da polícia é o único resultado. Não existe justiça se o assassino está fardado”. Tati Quebra Barraco nega que tenha havido troca de tiros no momento da operação, como sustenta a versão da PM. Mesmo enfrentando o luto, a funkeira foi alvo de mensagens de ódio nas redes sociais.

Em nota oficial, a equipe da artista lamentou os ataques, classificados como “completamente desumanos”. “Repudiamos o desrespeito à tragédia que é qualquer mãe ter que enterrar um filho”, dizia o comunicado publicado na internet.

Foto de capa: Reprodução/Instagram



No artigo

x