Embaixador russo é assassinado durante discurso: “Nós morremos em Aleppo, você morre aqui”

Andrei Karlov era embaixador da Rússia na Turquia desde 2013 e estava fazendo um pronunciamento em uma galeria de arte quando foi morto. Por Redação...

2484 1

Andrei Karlov era embaixador da Rússia na Turquia desde 2013 e estava fazendo um pronunciamento em uma galeria de arte quando foi morto.

Por Redação

O embaixador russo em Ancara, Andrei Karlov, morreu após ser baleado por um atirador enquanto dava um discurso em uma galeria de arte na noite desta segunda-feira (19).

Andrey Karlov estava na Turquia desde 2013. Depois de atirar, o homem chegou a dizer: “Nós morremos em Aleppo, você morre aqui”. Ele também foi morto em seguida, as informações são do jornal inglês The Independent.

Não esqueçam de Aleppo, não esqueçam da Síria! Enquanto nossos irmãos não estiverem seguros, vocês também não vão provar o gosto da segurança também”, disse o atirador.

Don’t forget Aleppo, don’t forget Syria! So long as our brothers are not in safety, you will not taste safety either. Only my dead body will leave here

O governo russo classificou o incidente como um ato de “terrorismo”.

“A memória deste excelente diplomata russo, um homem que fez tanto para combater o terrorismo, (…) permancerá em nossos corações para sempre”, afirmou a porta-voz da chancelaria de Moscou, Maria Zakharova.

O presidente russo, Vladimir Putin, qualificou o assassinato do embaixador russo na Turquia, nesta segunda-feira, de “provocação” destinada a minar os laços que eram refeitos entre Moscou e Ancara e aos esforços para solucionar o conflito na Síria.

“O crime que foi cometido é, sem sombra de dúvida, uma provocação destinada a perturbar a normalização das relações turco-russas e o processo de paz na Síria”, declarou à TV russa.

Um vídeo mostra o momento dos tiros (IMAGENS FORTES):



No artigo

1 comment

  1. André Anlub Responder

    A chapa é quente! Coragem – ou insanidade – quem ainda coloca um filho no mundo hoje em dia!


x