Revista de luxo publica dicas para lidar com crianças que tiveram os pais presos na Lava Jato

Em entrevista, uma psiquiatra diz que a criança tem que lidar com a “ruína da figura do herói” ao ver o pai preso, mas que por vir de uma família rica ela pode se...

2118 0

Em entrevista, uma psiquiatra diz que a criança tem que lidar com a “ruína da figura do herói” ao ver o pai preso, mas que por vir de uma família rica ela pode se isolar em Miami ou na Suíça, por exemplo.

Por Redação

A revista Poder, editada pela jornalista Joyce Pascowitch, voltada para classes altas e para o mercado de luxo brasileiro publicou na edição de dezembro uma entrevista com a psiquiatra Lee Fu-I para ajudar os filhos de banqueiros, políticos e empreiteiros que foram  “arrastados de casa repentinamente nas operações da Polícia Federal”.

A psiquiatra diz que a criança tem que lidar com a “ruína da figura do herói” ao ver o pai preso, mas que por vir de uma família rica ela pode se isolar em Miami ou na Suíça, por exemplo.

“É bom lembrar que, embora a criança rica tenha mais recursos para ser isolada – em Miami, na Suíça, em um colégio interno – a perda é igual para todas. A sensação de ruína (do herói) é a mesma”, disse Fu-I.

revista poder

A entrevista pouco aborda como contar para criança que o seu pai é um criminoso, mas foca nos transtornos que a criança vai passar e como isolá-la desse “sofrimento”. Em um dos trechos, inclusive, a profissional dá dicas de como lidar com o “bullying nas escolas”.

“Infelizmente, esse tipo de bullying eventualmente ocorre sem que a escola tome conhecimento. Mas caso tome, os profissionais da instituição devem tentar orientar as mães sobre a inadequação desse comportamento. Pode haver quem se recuse a aceitar isso, alegando que quer dar ao filho uma educação baseada  no que elas consideram correto – distante de criminosos”, afirma.

Leia aqui a entrevista.

 



No artigo

x