Temer soube das deleções antes da imprensa

O Palácio do Planalto soube de parte do depoimento de Cláudio Melo Filho, delator da Odebrecht, que envolveu o primeiro escalão do governo, antes da imprensa

1143 0

O Palácio do Planalto soube de parte do depoimento de Cláudio Melo Filho, delator da Odebrecht, que envolveu o primeiro escalão do governo, antes da imprensa

Da Redação com informações da coluna de Mônica Bérgamo

De acordo com nota publicada na coluna de Mônica Bérgamo desta segunda-feira (19/12), o Palácio do Planalto soube de parte do depoimento de Cláudio Melo Filho, delator da Odebrecht, que envolveu o primeiro escalão do governo, antes da imprensa.

A coluna revela que “Dias antes da divulgação, informações sobre o envolvimento de alguns de seus auxiliares diretos já circulavam por Brasília e chegaram ao presidente Michel Temer, além da citação a ele próprio feita por Claudio Melo Filho”.

“Em tese, o conteúdo das delações premiadas é sigiloso. Apenas o Ministério Público Federal e os próprios delatores, além de seus advogados, poderiam ter conhecimento do que elas contêm”, revela a jornalista.

Você gosta de ler a Fórum? Então vai pra Cuba! Fique sócio agora e concorra a uma viagem por nossa conta em 2017.

http://www.revistaforum.com.br/socio/



No artigo

x