Dória, na contramão do mundo, aumenta velocidade nas Marginais

Medida vai na contramão das grandes capitais do mundo. Redução de velocidade implantada por Haddad diminuiu acidentes com vítimas e lentidão na pista Da Redação com informações do Broadcast Político...

1430 0

Medida vai na contramão das grandes capitais do mundo. Redução de velocidade implantada por Haddad diminuiu acidentes com vítimas e lentidão na pista

Da Redação com informações do Broadcast Político

Apesar da redução de velocidade das marginais terem diminuído o número de acidentes com vítimas em 38,5% e também a lentidão na pista em 8,7%, o prefeito eleito de São Paulo João Dória anunciou na manhã desta terça-feira (20) que vai aumentar a velocidade novamente. A medida é uma das promessas de campanha que vai na contramão das grandes capitais do mundo, privilegiando o carro particular em detrimento do transporte público e bicicletas.

Um grupo de cicloativistas quer tentar barrar a medida. Integrantes do Ciclocidade fizeram na última semana um mapeamento do fluxo de pedestres e ciclistas em dois trechos das Marginais: na Ponte da Freguesia do Ó, na zona norte, e no cruzamento entre a Avenida das Nações Unidas (Marginal do Pinheiros) e a Avenida João Dória, na zona sul.

O objetivo é mostrar que há grande número de pessoas corre mais risco de acidentes com a mudança. O levantamento será apresentado ao Ministério Público Estadual (MPE). “Nossa ideia é mostrar como as vias locais não podem simplesmente ser colocadas no bojo das vias expressas, como se todas se comportassem da mesma maneira”, diz o diretor-geral do Ciclocidade Daniel Guth. Nesta terça-feira, 20, a gestão Doria deve apresentar seu plano para mudar a velocidade nas Marginais sem aumentar a insegurança para pedestres e ciclistas.
Para os veículos leves, Doria anunciou que vai aumentar de 70 km/h para 90 km/h a velocidade nas vias expressas. De 60 km/h para 70 km/h na pista central e de 50 km/h para 60 km/h na pista local – apenas a primeira faixa da pista local terá mantida os 50 km/h como limite. Para veículos pesados, serão mantidos os limites atuais, de 60 km/h para as pistas expressas e centrais e 50 km/h, para as locais.

Você gosta de ler a Fórum? Então vai pra Cuba! Fique sócio agora e concorra a uma viagem por nossa conta em 2017.

 



No artigo

x