Temer é o pior presidente da história do Brasil, diz IPSOS

Ao contrário de pesquisa divulgada ontem pelo Vox- Populi, que coloca Lula como o melhor presidente da história, o Instituto Ipsos acaba de divulgar levantamento dando Temer como o pior. De acordo com os dados da Ipsos, 77% da população rejeita Michel Temer. De...

2572 0

Ao contrário de pesquisa divulgada ontem pelo Vox- Populi, que coloca Lula como o melhor presidente da história, o Instituto Ipsos acaba de divulgar levantamento dando Temer como o pior. De acordo com os dados da Ipsos, 77% da população rejeita Michel Temer. De outubro para cá a taxa cresceu 18% Nunca antes na história deste país um presidente foi tão pouco querido pela população.

Da Redação com informações do Valor.

“O levantamento também captou uma piora na avaliação da gestão do governo federal. O índice dos entrevistados que consideram a administração de Temer ruim ou péssima saltou em um mês de 52% para 62%. Ao mesmo tempo, a aprovação ao presidente oscilou um ponto percentual para baixo ao registrar 15% neste mês, enquanto os que avaliam seu governo como ótimo ou bom passaram de 7% para 8% na variação mensal.

Diretor do Ipsos e responsável pela pesquisa, Danilo Cersosimo afirma que o aumento da desaprovação a Temer é fruto de uma combinação de três fatores. O primeiro, segundo ele, diz respeito a insatisfação da população com as respostas do governo para a crise econômica. “Os brasileiros esperavam que a troca de comando resultasse num choque de gestão e isso não ocorreu na prática”, diz Cersosimo ao comentar o impeachment de Dilma Rousseff.

O segundo aspecto tem a ver com a agenda de reformas do pemedebista, vista como impopular pela maioria dos entrevistados. De acordo com o levantamento, 87% acreditam que o país está no rumo errado. “O último fator e o mais relevante está relacionado com as delações da Lava-Jato que comprometem Temer e seus aliados”, ressalta Cersosimo, acrescentando que a desaprovação de 77% é muito alta para um político até pouco tempo atrás desconhecido por uma parcela significativa da população.

O Ipsos ainda mediu a aprovação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A desaprovação ao senador pemedebista cresceu de 62% para 79%. Nesse caso, a exemplo de Temer, o índice foi impulsionado pelas delações que citam Renan, mas também pelos desdobramentos do confronto recente entre o parlamentar e o Poder Judiciário.”

Quer ler mais matérias como essa? Apoie o jornalismo da Fórum e fique ao lado da democracia; seja sócio.

http://www.revistaforum.com.br/socio/



No artigo

x