Prefeito eleito de Osasco é preso ao entrar no aeroporto

Lins é alvo de um mandado de prisão preventiva na Operação Caça Fantasmas, que apura um suposto esquema milionário de fraudes na contratação sem concurso público de servidores. Ele estava foragido há quase 20...

1082 0

Lins é alvo de um mandado de prisão preventiva na Operação Caça Fantasmas, que apura um suposto esquema milionário de fraudes na contratação sem concurso público de servidores. Ele estava foragido há quase 20 dias.

Por Redação

O prefeito eleito de Osasco nas últimas eleições, Rogério Lins (PTN), se entregou à polícia na manhã deste domingo (25) depois de quase 20 dias foragido. Ele desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos depois de um voo que vinha de Miami, nos Estados Unidos.

Lins é alvo de um mandado de prisão preventiva na Operação Caça Fantasmas, que apura um suposto esquema milionário de fraudes na contratação sem concurso público de centenas de servidores, mantendo funcionários fantasmas nos gabinetes.

“Não tenho dúvida que a verdade virá à tona e a nossa inocência será comprovada”, disse Lins, em vídeo publicado no Facebook. Ainda no vídeo, ele diz respeitar o trabalho do Ministério Público e da Justiça e diz voltar ao Brasil “de cabeça erguida”.



No artigo

x