São Paulo irá unificar ensino municipal e estadual

Em coletiva, Alckmin e Doria se esquivaram de perguntas sobre a parceria e delegaram a função de esclarecer as dúvidas dos jornalistas aos secretários, que não estavam presentes.

1383 0

Em coletiva, Alckmin e Doria se esquivaram de perguntas sobre a parceria e delegaram a função de esclarecer as dúvidas dos jornalistas aos secretários, que não estavam presentes

Por Redação

Nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito da capital, João Doria (PSDB), anunciaram a unificação dos sistemas de educação estadual e municipal no que diz respeito ao calendário letivo e também ao uso dos mesmos materiais didáticos.

Os dois não passaram mais detalhes de como a parceria irá funcionar, se esquivaram dos questionamentos e delegaram a função de esclarecer as dúvidas da imprensa a seus respectivos secretários, que não participaram da coletiva.

Outra novidade é que a gestão municipal deve ocupar espaços considerados “ociosos” dentro das escolas estaduais. “Também ceder espaços para a Prefeitura, nós temos muitas escolas, às vezes muitas salas que podem ser utilizadas pelo município também”, declarou o governador.

Alckmin e Doria planejam ainda uma administração interligada em diversas outras áreas, como habitação, transporte, segurança, saneamento, saúde e assistência social. As ações foram discutidas em um encontro com a presença de secretários estaduais e municipais no Palácio dos Bandeirantes.

Com informações do portal G1



No artigo

x