Patrícia Lelis, que acusou Feliciano de estupro, assina texto em defesa do feminismo

“Não tenha medo de mudar de opinião, só os fortes são capazes de mudar. Os fracos preferem permanecer com uma opinião errônea a admitir um erro. Tire de si todo tipo de preconceito", escreveu a ex-militante do PSC conhecida pelos ataques ao movimento feminista...

8049 0

“Não tenha medo de mudar de opinião, só os fortes são capazes de mudar. Os fracos preferem permanecer com uma opinião errônea a admitir um erro. Tire de si todo tipo de preconceito”, escreveu a ex-militante do PSC conhecida pelos ataques ao movimento feminista e LGBT

Por Redação

A estudante de jornalismo Patrícia Lélis, que acusou o deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de tentativa de estupro e agressão, parece ter deixado de lado o passado como militante de extrema direita. Conhecida pelos vídeos em que atacava o movimento feminista e LGBT, a ex-integrante do Partido Social Cristão (PSC) hoje se dedica a propagar o empoderamento feminino.

Em diversas entrevistas, Patrícia afirmou que o apoio recebido de feministas ao longo da repercussão do caso Feliciano fez com que mudasse sua postura. Em setembro do ano passado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin decidiu investigar a queixa apresentada contra o parlamentar, atendendo a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Quer viajar em 2017? Fique sócio e concorra ao sorteio da Fórum! Você pode ir pra Cuba por nossa conta!

Neste mês, Patrícia publicou, no site Democratize, um artigo encorajando outras mulheres a buscarem seus direitos. “Não tenha medo de mudar de opinião, só os fortes são capazes de mudar. Os fracos preferem permanecer com uma opinião errônea a admitir um erro. Tire de si todo tipo de preconceito”, escreveu. “Que nesse ano de 2017 possamos aprender que mulheres não devem ser criadas para serem inimigas de outras mulheres, e sim companheiras de luta”, concluiu.

Para ler o texto na íntegra, clique aqui.

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil 



No artigo

x