Professores ocupam a Secretaria de Educação do Paraná

Cerca de 200 professores participam do protesto em Curitiba contra o governador Beto Richa (PSDB).

832 0

Cerca de 200 professores participam do protesto em Curitiba contra o governador Beto Richa (PSDB)

Por Blog do Esmael Morais

Cerca de 200 professores ocuparam na manhã desta quinta (26) a Secretaria de Estado da Educação (SEED), no bairro Água Verde, em Curitiba, em protesto contra o governador Beto Richa (PSDB).

A ocupação ocorre menos de 24 horas depois de a superintendente da pasta Fabiana Campos pedir demissão por não concordar com as maldades, massacres e desmontes de Beto Richa contra a educação do Paraná.

O grupo de profissionais participava de debate sobre a resolução de distribuição de aulas.

Os professores protestam contra os pontos que prejudicam os trabalhadores como a redução da hora-atividade e a punição a professores que ficaram doentes no ano passado.

A APP-Sindicato reivindica que o governo tucano retome o diálogo e retire as medidas da resolução, consideradas como maldade por parte do executivo.

Caso prevaleça a intransigência, o magistério paranaense entrará em greve no próximo dia 15 de fevereiro e, consequentemente, suspendendo o início do ano letivo de 2017 por tempo indeterminado.

Entre outro e novembro do ano passado, cerca de 800 escolas da rede pública foram ocupadas pelos estudantes.

Eles eram contrários à reforma do ensino médio — a MP 746.

Abaixo, assista à explicação do presidente da APP Hermes Leão:



No artigo

x