As dicas de estudantes com nota máxima na redação do Enem

A cidade de Franca, no interior de São Paulo, se destacou, emplacando três alunos com nota máxima na redação do Enem 2016. Confira suas dicas Por Paula Simone Ribeiro, colaboradora da Rede Fórum...

1386 0

A cidade de Franca, no interior de São Paulo, se destacou, emplacando três alunos com nota máxima na redação do Enem 2016. Confira suas dicas

Por Paula Simone Ribeiro, colaboradora da Rede Fórum

A prova de redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) trouxe em sua última edição a cidade de Franca (SP) novamente na liderança, e serve como incentivo aos próximos estudantes que farão a avaliação em edições posteriores. Três jovens da cidade conquistaram a nota máxima (1000) no exame. Os estudantes Erika Pereira Batista, 27, Lucas da Silva Ponce,20 e Ana Júlia Pereira de Paula, 20, são os jovens que largaram na frente por uma vaga na universidade pública. Com o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, eles dividiram a emoção com outros 77 candidatos de outros municípios que também tiraram a nota máxima na prova.

Não é a primeira vez que os estudantes fazem o teste. Ana Júlia realizou a prova pela segunda vez consecutiva e falou sobre o tema: “Foi muito interessante, já que traz discussão importante sobre a intolerância religiosa”. Erika deu conselhos: “Para alcançar o resultado precisei me preparar bastante, abri mão de algumas coisas e principalmente me dediquei a um único propósito. E o tema, sem dúvida, abre um diálogo amplo”. Lucas, que presta o exame pela quinta vez, diz que é preciso ler e escrever bastante. “Uma redação por dia, no mínimo”.

Existe na cidade de Franca um projeto chamado 100% Redação, elaborado por professores que trabalham a metodologia da produção da escrita constante, que foi absorvido pelos 3 estudantes no processo para a prova final. Todos acreditam que o sucesso partiu daí.

O sonho de um curso de Medicina faz parte da vida dos três estudantes já há algum tempo, que agora buscam vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A nota da redação é importante porque define resultado diferenciado na avaliação. Caso haja empate entre os estudantes, a nota maior decide. Portanto, a nota da redação possui peso extra dentro do resultado final, daí sua importância.

Caso algum concorrente zere a avaliação sobre a redação, está automaticamente fora da possibilidade de ingressar nas universidades públicas do país. E sim, alguns estudantes entregam a prova de redação em branco, o que os elimina imediatamente.

Enem

O Enem é considerado atualmente no Brasil uma avaliação importante que define quem poderá ingressar em uma universidade (pública ou privada) e que poderá pleitear uma bolsa de estudo e até mesmo o financiamento integral das mensalidades.

A nota do Enem (2016) pode trazer alguns ganhos para os estudantes:

– Em 2017 podem participar do Sisu. A nota classificatória do Enem garante uma vaga em uma universidade pública, sem a necessidade de prestar vestibular.

– Existem duas oportunidades durante o ano, já que ocorrem duas edições semestrais. É necessário não ter zerado a nota de redação.

– Outro ganho é a chance de ingressar na faculdade sem a necessidade de prestar vestibular, como ocorria no passado. Esta prática está sendo cada vez mais utilizada entre algumas universidades, o que varia é a forma de avaliação.

– O estudante pode também, através da nota do Enem, concorrer ao FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) que permite ao aluno obter empréstimos a juros reduzidos para pagar as mensalidades na faculdade privada. O pagamento ocorrerá somente após a formatura. A questão da renda familiar também é avaliada para a liberação deste empréstimo. As inscrições podem ser feitas em seguida do resultado do ProUni, que também ocorre semestralmente.

De acordo com o MEC, estas são algumas faculdade brasileira que aceitam a nota do Enem para FIES, ProUni e ingresso automático às instituições:

– Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

– Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

– Universidade de Franca (UNIFRAN)

– Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

– União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME)

– Faculdade Pitágoras

– Universidade Estácio de Sá



No artigo

x