PT expulsa vereadores de Salvador que votaram no DEM para presidência da Câmara

Moisés Rocha e Luiz Carlos Suíca descumpriram recomendação do partido, que tinha candidatura própria. Punição vem em meio à campanha em Brasília de “petista não vota em golpista” Por Redação...

1416 0

Moisés Rocha e Luiz Carlos Suíca descumpriram recomendação do partido, que tinha candidatura própria. Punição vem em meio à campanha em Brasília de “petista não vota em golpista”

Por Redação

Depois da vitória da militância petista em Brasília, que conseguiu pressionar a bancada do partido a não votar em quem apoiou o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff e apoiar a candidatura de André Figueiredo (PDT-CE) para a presidência da Câmara dos Deputados, foi a vez dos parlamentares de Salvador (BA) de aderirem à campanha “petista não vota em golpista”.

A executiva da legenda na capital baiana resolveu expulsar os vereadores Moisés Rocha e Luiz Carlos Suíca por descumprirem a recomendação do partido ao votarem em Leo Prates (DEM) para a presidência da Câmara Municipal. O PT tinha candidatura própria, representada por Marta Rodrigues.

A medida de expulsão já entrou em vigor e os vereadores não podem exercer seus mandatos pelo PT. Os dois parlamentares podem, agora, recorrer à executiva nacional do partido para reverter a situação ou, em última instância, à Justiça eleitoral.

 



No artigo

x