Em meio à onda de criminalidade no ES, candidata a vereadora do PSDB é flagrada saqueando loja

A tucana Marcela Ranocchia, que não chegou a se eleger em 2016 pelo partido que pregava o “fim da corrupção”, aproveitou a falta de policiamento e se uniu aos criminosos para roubar. PSDB da...

3833 0

A tucana Marcela Ranocchia, que não chegou a se eleger em 2016 pelo partido que pregava o “fim da corrupção”, aproveitou a falta de policiamento e se uniu aos criminosos para roubar. PSDB da cidade emitiu nota sobre o assunto

Por Redação

Uma filiada do PSDB – legenda que esteve entre as que mais pregaram o “fim da corrupção” nas últimas eleições – foi flagrada saqueando uma loja no Espírito Santo. O estado, desde a semana passada, vive um caos de criminalidade e violência instaurado com a greve de policiais, que exigem melhores condições de trabalho.

Marcela Ranocchia, candidata a vereadora na cidade de Cachoeiro do Itapemirim, aparece em uma imagem que viralizou nas redes sociais em que ela se une aos criminosos para roubar, aproveitando a falta de polícia nas ruas.

O Espírito Santo foi o estado do país que mais deu votos – por parte de seus parlamentares na Câmara dos Deputados – à favor do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

O PSDB da cidade tomou conhecimento do fato através da internet e divulgou, na tarde desta terça-feira (7), uma nota informando que tomará medidas cabíveis com relação ao crime da filiada.

Confira abaixo a íntegra da nota da legenda.

O PSDB Cachoeiro vem a público dizer que tomou conhecimento, através das redes sociais, de que uma candidata ao pleito de vereadora no ano de 2016 pelo partido participou dos saques ocorridos em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 06/02/17.

As medidas cabíveis para a verificação e punição pelo partido já estão sendo adotadas, inclusive com a instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina. Confirmado o fato, após a garantia da ampla defesa e do contraditório, será expulsa.

O PSDB Cachoeiro repudia veementemente qualquer ato de vandalismo ou de ação criminosa perpetrado por qualquer pessoa, ao mesmo tempo em que afirma que a conduta de um de seus membros não se assemelha aos dos demais participantes da sigla.

Cícero Moura

Presidente do PSDB Cachoeiro



No artigo

x