Rachel Sheherazade volta a defender ação de justiceiros e reclama de “perseguição da esquerda”

Jornalista lembrou a repercussão do comentário feito por ela em 2014 sobre a agressão a um suspeito de assalto no Rio de Janeiro, que foi amarrado nu a um poste: "O que ganhei com isso? A perseguição e o ódio de grupos de esquerda,...

1244 0

Jornalista lembrou a repercussão do comentário feito por ela em 2014 sobre a agressão a um suspeito de assalto no Rio de Janeiro, que foi amarrado nu a um poste: “O que ganhei com isso? A perseguição e o ódio de grupos de esquerda, que preferem defender o bandido a proteger o cidadão”

Por Redação

Em 2014, a apresentadora Rachel Sheherazade causou revolta ao defender a ação de “justiceiros” que agrediram um suspeito de assalto e o deixaram nu, preso a um poste, no Rio de Janeiro. Em seu comentário no ‘SBT Brasil’, a jornalista disse que a atitude era compreensível. “O Estado é omisso, a polícia desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem, que ainda por cima foi desarmado? Se defender, é claro”, disse à época.

“Aos defensores dos direitos humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso no poste, lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido”, concluiu, de forma irônica. A fala de Sheherazade gerou inúmeras críticas nas redes sociais e um processo do Ministério Público Federal contra a emissora.

No entanto, mesmo com a repercussão negativa, ela parece não ter mudado de opinião. Nesta segunda-feira (6), ela comentou uma postagem do guru da direita, Olavo de Carvalho, que afirmava que o Estado defende criminosos e impede os cidadãos de “fazerem justiça com as próprias mãos”. Ao concordar com a declaração, a apresentadora elogiou Carvalho e lembrou do caso ocorrido há três anos.

Veja a seguir.

sheherazade



No artigo

x