Bolsonaro grava vídeo com desculpa esfarrapada para justificar ida do filho para Papuda

Deputados comentaram conversa vazada em que Jair diz a Eduardo Bolsonaro: “Não vou te visitar na Papuda presídio do Distrito Federal. Se a imprensa te descobrir aí, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”.

2039 0

Deputados comentaram conversa vazada em que Jair diz a Eduardo Bolsonaro: “Não vou te visitar na Papuda [presídio do Distrito Federal]. Se a imprensa te descobrir aí, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”

Por Redação

Os registros feitos pelo fotógrafo Lula Marques da conversa entre os deputados Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e o filho Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) continuam dando o que falar. O flagrante foi publicado no perfil de Lula no Facebook na quarta-feira (8).

Nas imagens do aplicativo WhatsApp no celular, é possível ver o pai dando uma bronca em Eduardo, que esqueceu da data da eleição para a presidência da Câmara, disputada por Jair Bolsonaro no dia 2 de fevereiro. O parlamentar acabou em último lugar, com apenas quatro votos.

A parte mais intrigante do diálogo se dá quando Jair afirma: “Não vou te visitar na Papuda [presídio do Distrito Federal]. Se a imprensa te descobrir aí, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”.

Com a repercussão do caso, ele publicou um vídeo ao lado do filho tentando justificar a declaração. Segundo o deputado, a frase foi escrita porque Eduardo, em visita aos Estados Unidos, disse que traria um fuzil de presente ao pai.

Desta vez, de acordo com os dois, Eduardo Bolsonaro estava em viagem à Austrália, não compareceu à sessão na Câmara e, por isso, teve o salário descontado.

A justificativa parece não ter convencido os internautas. Muitos lembraram que, quando o ex-presidente Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia tiveram suas conversas vazadas, o fato foi comemorado pela família Bolsonaro, que agora alega “invasão de privacidade”.

Confira, abaixo, o diálogo na íntegra.

Jair Bolsonaro: “Papel de filho da puta que você está fazendo comigo”

Jair Bolsonaro: “Tens moral para falar do Renan? Irresponsável” (Jair Bolsonaro tem um filho chamado Renan)

Jair Bolsonaro: “Mais ainda, compre merdas por ai. Não vou te visitar na Papuda”


Jair Bolsonaro: “Se a imprensa te descobrir ai, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”.


Eduardo Bolsonaro: “Quer me dar esporro tudo bem. Vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Me comparar com o merda do seu filho, calma lá”.

bolso2-CopiaFotos: Lula Marques



No artigo

x