Agora, Folha critica decisão de Gilmar de vetar Lula na Casa Civil

Em editorial, jornal afirmou que liminar concedida por Gilmar Mendes em 2016 foi "despropositada".

1386 0

Em editorial, jornal afirmou que liminar concedida por Gilmar Mendes em 2016 foi “despropositada”

Por Redação

Nesta quarta-feira (15), a Folha de S. Paulo publicou um editorial sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter Moreira Franco como ministro do governo de Michel Temer. Citado na Lava-Jato, ele terá foro privilegiado e só poderá ser investigado pelo Supremo.

No texto, o veículo elogiou a decisão do ministro Celso de Mello e criticou a postura de Gilmar Mendes de vetar a indicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, então alvo da Lava-Jato, para ministro da Casa Civil.

“A composição do ministério é tema da alçada do Executivo, e a um magistrado não cabe especular sobre motivações ocultas. Já havia sido despropositada, em 2016, a liminar concedida por Gilmar Mendes, do mesmo STF, suspendendo a posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Casa Civil”, diz afirmou.

Confira o edital ‘Vitória Efêmera’ na íntegra clicando aqui.

Foto: Agência Brasil



No artigo

x