MTST ocupa a avenida Paulista e diz que vai ficar

O ato foi convocado para protestar contra o fato de que 84% das pessoas que precisam de habitação no Brasil estão na chamada Faixa 1, com renda familiar de até R$ 1,9 mil, mas foram esquecidas pelo governo Temer.

1545 0

 

O MTST fez na noite de hoje (15) uma manifestação com aproximadamente 30 mil pessoas na Avenida Paulista. O ato foi convocado para protestar contra o fato de que 84% das pessoas que precisam de habitação no Brasil estão na chamada Faixa 1, com renda familiar de até R$ 1,9 mil, mas foram esquecidas pelo governo Temer.

Guilherme Boulos, líder do MTST, no seu discurso ao final da marcha pediu para que aqueles manifestantes que pudessem continuar no local, na frente do prédio da presidência da República da Paulista, deveriam acampar ali e aguardar um novo posicionamento do governo federal sobre as reivindicações do movimento.

No fechamento desta matéria, várias barracas estavam sendo instaladas no local. A previsão era de que um grande número de pessoas continuassem por lá.

Um repórter da Rede Fórum está se dirigindo à avenida Paulista e amanhã cedo os leitores terão uma reportagem mais completa.



No artigo

x