Doria pede R$ 20 milhões à Qatar Airways e oferece propaganda “boca a boca” em troca

O prefeito mascate se reuniu ainda com o fundo de investimentos local QIA, que tem interesse no autódromo de Interlagos e no Anhembi.

1398 0

O prefeito mascate se reuniu ainda com o fundo de investimentos local QIA, que tem interesse no autódromo de Interlagos e no Anhembi.

Da Redação com Informações da Folha

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu R$ 20 milhões à companhia aérea Qatar Airways para investir na recuperação e manutenção de 19 pontes das marginais do Pinheiros e do Tietê. De acordo com o prefeito, a contrapartida não incluirá propagandas nas marginais.

A empresa, que tem parte da Latam, seria beneficiada por uma publicidade de boca a boca. A companhia não comentou a perspectiva. “A publicidade das redes sociais será o suficiente. As pessoas vão reconhecer os benefícios e levarão uma imagem positiva da empresa”, disse o tucano.

A proposta, feita em Doha nesta quinta-feira (16), é para a reabilitação física, de iluminação e de paisagismo. O pedido inclui também a passarela do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista.

As negociações devem ser formalizadas e conduzidas, a partir de agora, pela embaixada brasileira no Qatar.

Roberto Abdalla, embaixador do Brasil em Doha, participou do encontro e afirmou que a proposta de Doria é “irrecusável”. “A embaixada será o canal entre a prefeitura e o governo do Qatar.”

O prefeito reuniu-se, também na manhã desta quinta (madrugada no horário de Brasília), com o fundo de investimentos local QIA. Ele relatou ter havido interesse em projetos no autódromo de Interlagos e no Anhembi.

Doria está na região do Golfo desde o início desta semana para apresentar os 55 lotes de seu programa de privatizações. As pontes nas marginais não fazem parte desse número e foram oferecidas em paralelo.

O prefeito encerra a visita, custeada por um fórum de liderança nos Emirados Árabes e pelo governo do Qatar, nesta sexta (17) e retorna ao Brasil no dia seguinte. Doria ainda planeja levar seu “road show” aos Estados Unidos em maio.

 

 



No artigo

x