Humberto Costa escolhe Veja para fazer autocrítica do PT

A opção do senador por dar entrevista a um veículo conhecido por espalhar boatos sobre os ex-presidentes Lula e Dila causou estranheza nas redes sociais.

1865 1

A opção do senador por dar entrevista a um veículo conhecido por espalhar boatos sobre os ex-presidentes Lula e Dilma causou estranheza nas redes sociais

Por Redação

O senador Humberto Costa (PT-PE), ex-ministro da Saúde do governo Lula, escolheu as páginas amarelas da revista Veja para fazer uma autocrítica sobre a atuação do Partido dos Trabalhadores. Segundo o que foi publicado, ele afirmou que está na hora de a legenda pedir desculpas à sociedade pelos erros que cometeu, abandonar o discurso de “denúncia do golpe” e apresentar propostas econômicas para tirar o país da crise.

No entanto, a opção por dar as declarações a uma revista que há anos vem espalhando boatos e mentiras sobre os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff causou estranheza nas redes sociais. Muitos internautas destacaram a falta de comprometimento da Veja com a verdade e a ética jornalística e que, por isso, não seria um bom lugar para esse tipo de desabafo.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil



No artigo

1 comment

  1. Ricardo Rolim Xavier Responder

    A Forum e outros meio de comunicação populares devem entrevista -lo, pois até aquilo que ele disse pode ter sido colocado de maneira equivocada.Mas não é novidade se considerarmos que ele e outras lideranças do PT no Senado (exceção de Lindberg Farias) apoiaram a eleição do Eunicio de Oliveira para a presidência do Senado conforme jornal popular ou site do Senado (não me lembro exatamente a fonte). São as contradições,incoerências que tem existido desde ante da eleições de 2003 na qual Lula venceu apos a ceder parcialmente ao capital. Antes mesmo da eleição de 2018 já começam a ceder, talvez não acreditando numa mudança na conjuntura do Congresso Nacional pós eleições ou/e cansado de massacre midiatico.
    Que possam entrevista-lo e também demais parlamentares e presidente do partido sobre tudo isso.


x