Lindbergh desafia Moraes, que entrega o ouro e diz que vai ser juiz da Lava Jato

O senador petista sugeriu que o ministro da Justiça, durante a sabatina do Senado, se comprometesse a assumir a vaga no STF sem se envolver com a relatoria da Lava Jato. O indicado, no...

1196 0

O senador petista sugeriu que o ministro da Justiça, durante a sabatina do Senado, se comprometesse a assumir a vaga no STF sem se envolver com a relatoria da Lava Jato. O indicado, no entanto, disse se julgar capaz de atuar como relator da operação e deixa claro o motivo de sua indicação. Assista

Por Redação

Na sabatina de Alexandre de Moraes no Senado que vai confirmar sua indicação ao Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira (21), o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) desafiou o atual ministro da Justiça e fez com que ele entregasse o ouro e deixasse claro, de sua própria boca, o motivo de sua indicação ao Supremo.

Moraes disse considerar-se capaz de atuar com imparcialidade na relatoria da Lava Jato quando Lindbergh o sugeriu que abrisse mão de se envolver com a operação ao assumir uma cadeira no STF, declarando-se suspeito, já que atuou no governo em que há envolvidos e investigados.

“Me julgo capaz de atuar com absoluta imparcialidade e naturalidade, dentro da Constituição”, disse Moraes, ao que Lindbergh respondeu: “Sinceramente, eu quero lamentar. Por que dei uma oportunidade de vossa senhoria dizer para o Brasil o seguinte: eu assumo o STF mas não vou me envolver na Lava Jato, por que participei do governo com pessoas envolvidas. Vai ficar parecendo que o senhor não fez isso por que não pode, por que quem te indicou, te indicou para ser revisor da Lava Jato”.

Pela sua página do Facebook, Lindbergh completou: ” A negativa de Moraes comprova: sua indicação é uma intervenção de Temer e companhia no STF!”.

Assista.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil



No artigo

x