“É melhor ser ateu do que católico hipócrita”, sugere papa Francisco

Ele deu como exemplo pessoas que exploram seus empregados, fazem negócios sujos e levam uma "vida dupla".

2934 0

Ele deu como exemplo pessoas que exploram seus empregados, fazem negócios sujos e levam uma “vida dupla”

Por Redação

Nesta quinta-feira (23), o papa Francisco criticou novamente membros da Igreja, sugerindo que é melhor ser ateu do que se classificar como católico, mas ter uma postura hipócrita. “É um escândalo dizer uma coisa e fazer outra”, afirmou durante um sermão de missa em sua residência.

Ele ressaltou que algumas destas pessoas também devem dizer “minha vida não é cristã, eu não pago aos meus funcionários salários apropriados, eu exploro pessoas, eu faço negócios sujos, eu lavo dinheiro, (eu levo) uma vida dupla”. “Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem ‘se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu’”, completou.

Desde sua eleição em 2013, Francisco já se condenou abuso sexual de crianças por padres, declarou que católicos na máfia se excomungam, e disse a seus próprios cardeais para não agirem como se fossem “príncipes”.

Foto: Presidencia de la República Mexicana



No artigo

x