Lula entra com ação por danos morais contra a IstoÉ

Ex-presidente pede indenização de R$ 1 milhão por conta de matéria da edição da revista da última semana. "Texto mentiroso e sensacionalista", afirmam os advogados do petista. Eles ainda destacam que "no período da acusação formulada pelos demandados, Lula não exercia qualquer cargo público...

1801 0

Ex-presidente pede indenização de R$ 1 milhão por conta de matéria da revista publicada na última semana. “Texto mentiroso e sensacionalista”, afirmam os advogados do petista. Eles ainda destacam que “no período da acusação formulada pelos demandados, Lula não exercia qualquer cargo público e passava por um intenso tratamento de saúde, buscando a cura de um câncer”.

Da Redação

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingressou com ação de reparação por danos morais contra a Editora Três Ltda, que publica a IstoÉ, os jornalistas Sérgio Pardellas e Germano Oliveira, além de Davincci Lourenço de Almeida.  De acordo com os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, a matéria da última edição da revista, que trouxe um depoimento de Almeida dizendo que teria levado “uma mala de dinheiro para Lula” é “mentirosa e sensacionalista”.

Segundo os advogados, “os demandados se acumpliciaram para produzir essa infame e leviana acusação sobre uma ‘mala de dinheiro’ recebida por Lula em troca de suposta ajuda para a construtora Camargo Correia ‘fechar’ um contrato com a Petrobras. Tal fato jamais ocorreu. O mais grave é que a reportagem fiou-se na fantasiosa versão de Davincci Lourenço de Almeida, pessoa cujo histórico de vida contempla outros atentados contra a honra alheia”.

Nas redes sociais, Almeida destila seu ódio contra Lula e Dilma, pediu intervenção militar em cima de um caminhão se apresentando como “químico das forças armadas contratado para fazer a nanotecnologia das aeronaves do Exército”. (Veja vídeos aqui)

Em nota, a defesa do ex-presidente ainda registra que “no período da acusação formulada pelos demandados, Lula não exercia qualquer cargo público e passava por um intenso tratamento de saúde, buscando a cura de um câncer”.

“IstoÉ foge à responsabilidade de uma imprensa séria, preocupada em apurar a verdade dos fatos. Mais do que isso, afronta os direitos à personalidade que são assegurados a Lula pela Constituição Federal”, concluem os advogados.

Leia também:

Sujeito que denuncia Lula na “Isto É” é visivelmente perturbado

Advogados de Lula denunciam Itamaraty por documento enviado à ONU

Lula grava vídeo sobre o desmonte da previdência

Lula: o “elo frágil” do golpe

Lula: “Nunca este país precisou tanto do PT como agora”



No artigo

x