Assessoria de Jean Wyllys revela esquema utilizado para derrubar páginas de esquerda

Nos últimos dias, as páginas Socialista Morena e Jovens de Esquerda, no Facebook, foram invadidas. Segundo a assessoria do deputado, os criminosos "estão se utilizando de um 'golpe virtual' conhecido tecnicamente como 'phishing'

1070 0

Nos últimos dias, as páginas Socialista Morena e Jovens de Esquerda, no Facebook, foram invadidas. Segundo a assessoria do deputado, os criminosos “estão se utilizando de um ‘golpe virtual’ conhecido tecnicamente como ‘phishing’. A página do parlamentar também sofreu o ataque no ano passado. Leia abaixo.

UM ALERTA AOS ADMINISTRADORES DE PÁGINAS COM CONTEÚDO DE ESQUERDA

Assim como aconteceu com a nossa página do começo do ano passado, criminosos virtuais, simpatizantes da extrema direita mais abjeta, estão se dedicando nesse feriado de carnaval a invadirem páginas populares que publicam e defendem conteúdos à esquerda política. A página do blog da minha amiga Cynara Menezes, o Socialista Morena, e também a página Jovens de Esquerda foram alguns dos alvos mais recentes.

Desta vez os criminosos estão se utilizando de um “golpe virtual” conhecido tecnicamente como “phishing”. Através de um aplicativo de uma loja virtual, que se passa por um tipo de suporte do Facebook que estaria tentando ajudar os administradores de determinada página a obterem ou manterem o selo de autenticidade (o tão desejado selo azul), os criminosos solicitam o acesso à página e, caso o administrador conceda esse acesso, eles tomam o controle, assumem as funções de publicação, edição e chegam a excluir o dono e demais administradores da página, impedindo que a página possa ser recuperada rapidamente.

Se você é o dono ou ajuda a gerenciar alguma página de esquerda no Facebook, FIQUE ATENTO E NÃO CAIA NESSA ARMADILHA. Procurem todos os meios que o Facebook oferece para reforçar a segurança de seus perfis e dificultar que esse tipo de ação criminosa aconteça com você, independente do conteúdo produzido por sua página, seja de teor político ou não.

ASCOM – Assessoria de Comunicação

cynara menezes

 



No artigo

x