Educação popular em Goiás: cursinhos preparam além do vestibular

Conheça o CFG, o PrEA e o Prepara Trans, que vêm realizando um trabalho de forma voluntária para ampliar o acesso à universidade pública, mas também promover cidadania

926 0

Conheça o CFG, o PrEA e o Prepara Trans, que vêm realizando um trabalho de forma voluntária para ampliar o acesso à universidade pública, mas também promover cidadania

Por Rafael Oliveira, da Rede Fórum de Jornalismo

redeforum-logoEnquanto o governador Marconi Perillo (PSDB-GO) investe em obras “megalomaníacas” como a construção da ferrovia Goiânia-Brasília, áreas essenciais da sociedade goiana, como saúde e educação, sofrem com falta de recursos. Soma-se a essa situação outros projetos do governo federal de Michel Temer, como a PEC 241, que congela os investimentos públicos por 20 anos, afetando principalmente essas áreas. E ainda foi aprovada no Congresso Nacional a MP 746/2016  que afetará o Ensino Médio.

Por outro lado, diferente de governantes e parlamentares que tomam decisões sem diálogo com a sociedade, estudantes da Universidade Federal de Goiás (UFG) e da Universidade Estadual de Goiás (UEG), sem verba e sem apoio de OS’s, vêm colocando em prática iniciativas de educação popular e gratuita. O objetivo é auxiliar jovens de baixa renda e o público LGBTT a entrar no ensino superior público.

Os cursinhos pré-vestibulares

Os cursinhos populares surgiram no país nos anos 1946-1964. As iniciativas sempre partiram de grupos engajados politicamente, como por exemplo, alguns movimentos religiosos católicos, estudantis, sindicais e sociais.

O principal diferencial dos cursinhos ditos populares para aqueles conhecidos como comerciais é, além da taxa para participação (geralmente os cursinhos populares cobram uma taxa mínima para custear alguns materiais a serem utilizados ao longo do semestre), o foco na formação político-cultural dos indivíduos envolvidos. O objetivo é oferecer uma alternativa para se superar as dificuldades impostas pelo sistema de vestibulares e também a formação dos alunos como cidadãos críticos.

Em Goiás, a reportagem conheceu três projetos que oferecem alternativas a alunos de escolas públicas e/ou grupos que sofrem preconceito nos cursinhos tradicionais. São eles: CFG (Cursinho Federal de Goiás), PrEA (Projeto Educação Aberta) e Prepara Trans. Os dois primeiros têm como foco alunos de escola pública, sendo que o primeiro atua na região metropolitana de Goiânia e o segundo encontra-se em Anápolis, cidade localizada a aproximadamente 60km da capital.

Cursinho Federal de Goiás

O CFG é um cursinho pré-vestibular criado por alunos da UFG. Ele está ligado ao Instituto de Química e as aulas acontecem no Centro de Aulas da Veterinária, no Campus II. Seu público são alunos de baixa renda vindos de escolas públicas e que não têm condições de pagar um cursinho particular. Com um ano de funcionamento, o CFG já atendeu 140 alunos e, agora em fevereiro, realizou as inscrições para a segunda turma. O cursinho cobra apenas uma taxa para o custeio dos materiais que serão oferecidos aos alunos (cópias das atividades e outros materiais necessários para os estudos) e para ingressar é necessário responder um questionário socioeconômico e fazer uma redação, de caráter não-eliminatório para fins de conhecimento por parte do cursinho sobre os candidatos. Após este primeiro momento, os alunos selecionados são convocados para a realização da matrícula e, ao realizá-la, terão os estudos garantidos até o Enem.

Recepção da turma 2016/1 do CFG
Recepção da turma 2016/1 do CFG

O cursinho também tem outras preocupações com relação à formação dos alunos. Valéria Cristina, estudante de Ciências Sociais da UFG e coordenadora-geral do CFG, explica que “não é um projeto que só ensina a matemática, a física, a química e o português. Ele vai além disso. Nós acreditamos acima de tudo em uma educação libertadora”. Ela frisa a importância de se tratar a educação como algo que vai além da sala de aula. São abordadas diversas questões sociais, como a identidade de gênero, por exemplo, e não apenas os conteúdos exigidos pelos vestibulares.

PrEA – Projeto Educação Aberta

Funcionando desde 2011, o PrEA é um cursinho popular que atende a cidade de Anápolis (GO) e região. Ele foi organizado por alunos e ex-alunos da Universidade Estadual de Goiás (UEG), no Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas (UnUCSEH), e tem como objetivo proporcionar a alunos da rede pública um ensino de qualidade. A ideia é buscar não somente o vestibular da UEG e o Enem, “mas o desenvolvimento de uma visão crítica da realidade, contribuindo para que a comunidade local, em conjunto, se desenvolva”. O cursinho também oferece, além das aulas regulares no período noturno (das 19h às 22h15) e vespertino (excepcionalmente aos sábados das 13h20 às 18h10), plantões semanais em horários alternativos, aulas específicas de inglês e espanhol e de desenho para alunos que pretendem fazer arquitetura. Para se inscrever, é preciso estar atento aos canais de comunicação do cursinho (disponíveis ao final da matéria), onde são divulgadas as datas para matrícula e o sistema utilizado pelo PrEA é o de ordem de chegada.

Debate dos professores com os alunos do PrEA, em 2016
Debate dos professores com os alunos do PrEA, em 2016

Ao longo dos seus seis anos de funcionamento, o PrEA já aprovou cerca de 450 alunos nas mais diversas áreas e em universidades não só goianas, mas por todo o país. Ingrid de Sousa, 19, estudante de licenciatura em Biologia pela UEG, ex-aluna do PrEA, conta que o cursinho tem um impacto positivo na vida de muitos jovens. “É uma excelente oportunidade não só para aqueles que acabaram de sair do ensino médio, mas para os que já saíram faz tempo e sonham em fazer faculdade ou passar em algum concurso”, diz. Ela também reforça a importância da participação e engajamento dos professores e coordenadores que trabalham de forma voluntária e se dedicam para proporcionar um ambiente que facilite a aprendizagem e a interação entre os professores e alunos.

Prepara Trans

Aula inaugural do Prepara Trans em 2016
Aula inaugural do Prepara Trans em 2016

O Prepara Trans é um cursinho que prioriza pessoas transexuais, travestis e transgêneras de Goiânia e região. A iniciativa surgiu em 2015, durante o Encontro Nacional em Universidade sobre Diversidade Sexual e de Gênero (Enudsg), em Goiânia. O preconceito é um dos fatores que contribuem para a evasão escolar, por isso, a proposta do cursinho é acolher estas pessoas e oferecer a elas uma oportunidade de ensino capaz de respeitá-las e torná-las profissionais em diversas áreas que desejarem. O foco é a preparação para o Enem e outros vestibulares, mas o cursinho também ajuda informando, por meio de oficinas, palestras e aulões, sobre conquistas e direitos voltados para o público LGBTT. Para o ingresso, basta acessar a página de inscrição do cursinho (disponível ao fim da matéria), preencher os dados e aguardar o contato. Não é necessário o pagamento de nenhuma taxa, pois o cursinho se sustenta a partir de doações de colaboradores ou de qualquer pessoa interessada em ajudar o projeto.

Serviço

Cursinho Federal de Goiás
Endereço: Universidade Federal de Goiânia – Rodovia Goiânia, km 8, s/n – Campus Samambaia, Goiânia – GO, 74001-970 – Centro de Aulas da Veterinária
Público: Alunos de escola pública
Horário das aulas: Segunda à sexta das 19h às 21h40
Facebook: https://www.facebook.com/Cursinho-Federal-de-Goias-1716282425286079/?ref=ts&fref=ts
E-mail: cursinhofederaldegoias@hotmail.com

Projeto Educação Aberta – PrEA
Endereço: Avenida Juscelino Kubitschek, N° 146, Bairro Jundiaí – Anápolis – UnUCSEH-UEG
Público: Alunos de escola pública
Horário das aulas: Segunda à sexta das 19h às 22h15 e sábado 1h20 às 18h10
Facebook: https://www.facebook.com/cursinho.prea/
Site: www.cursinhoprea.com.br
Contato: (62) 9110-9042 / preaueg@live.com

Prepara Trans
Endereço: 1ª Avenida, 1062 – Setor Leste Universitário, Goiânia – GO, 74175-120 – Faculdade de Educação
Público: transexuais, travestis, transgêneros
Horário das aulas: a definir
Facebook: https://www.facebook.com/preparatrans
Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScwepiVyin7ZN5P4akZr9rKMLW_J7BjGK4-HtiY-_MRjOuojA/viewform?c=0&w=1
E-mail: preparatrans@gmail.com

Esta matéria faz parte da série de reportagens sobre cursinhos populares produzida pelo Primeiro Módulo da Rede Fórum de Jornalismo.

Confira abaixo mapa dos cursinhos populares no Brasil. Conhece algum cursinho popular? Escreva pra gente: redacao@revistaforum.com.br



No artigo

x