Mulher faz desabafo após filhos serem mortos pelo próprio pai

Cesar Antunes Junior cometeu suicídio após o crime; ele não aceitava o fim da relação e deixou uma carta ironizando a ex-esposa: “Cadê a poderosa? Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia”.

2260 0

Cesar Antunes Junior cometeu suicídio após o crime; ele não aceitava o fim da relação e deixou uma carta ironizando a ex-esposa: “Cadê a poderosa? Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia”

Por Redação

Andreia Magalhães Castro Antunes – mãe de duas crianças mortas a facadas, no último domingo (5), no Rio de Janeiro – publicou um desabafo em sua página pessoal no Facebook. Ela culpa o ex-marido e pai dos meninos pelo crime.

“Amores eternos da minha vida! Brutalmente retirados de meus braços por um louco, que era o pai a que eles amavam incondicionalmente e confiavam cegamente! Orem pelas almas dos seus filhos queridos, pois só me restou isso orar por eles”, escreveu.

andreiaIdentificado como Cesar Antunes Junior, o homem assassinou Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6, e atirou os corpos pela janela do apartamento onde morava. Depois, se jogou do quinto andar do prédio.

De acordo com as investigações, o crime foi motivado por ciúmes em relação à mãe das crianças. Cesar deixou uma carta ironizando a ex-esposa. “Cadê a poderosa? Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia”, dizia o texto. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios (DH) da cidade.



No artigo

x