MBL lança camiseta com Holiday ao lado de Martin Luther King e causa revolta

Internautas criticaram a incoerência da imagem, uma vez que Fernando Holiday classifica a luta de militantes negros de "vitimização" e ataca iniciativas como as cotas raciais.

3769 0

Internautas criticaram a incoerência da imagem, uma vez que Fernando Holiday classifica a luta de militantes negros de “vitimização” e ataca iniciativas como as cotas raciais

Por Redação

O Movimento Brasil Livre (MBL), um dos responsáveis pela articulação em torno do impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff, lançou a venda de uma camiseta que traz Fernando Holiday, membro do grupo, ao lado do ativista negro Martin Luther King. A peça custa R$ 50,00 e também reproduz a imagem do economista conservador Thomas Sowell, com os dizeres: “Três gerações: Um sonho”.

No Facebook, vários internautas criticaram a comparação com Luther King, considerado um ícone do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e no mundo. Holiday, eleito vereador pela cidade de São Paulo em 2016, já se colocou contra cotas para afrodescendentes e costuma chamar a luta da categoria de “vitimização”. Ele ainda apresentou uma proposta para revogar o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

Veja a reação na rede social:

holiday



No artigo

x