Médico que assinou laudo do João Victor tira perfil do Facebook depois de revelações da Fórum

O médico é fã de Bolsonaro, anti-petista contumaz e, em 2014, chamou de palhaçada total o fato de o Senado não aprovar a redução da maioridade penal.

1403 0

O médico é fã de Bolsonaro, anti-petista contumaz e, em 2014, chamou de palhaçada total o fato de o Senado não aprovar a redução da maioridade penal.

Da redação

Logo após a Fórum divulgar que o médico Danilo Vendrame Vivas, que assinou o laudo do menino João Victor, é fã de Bolsonaro, anti-petista contumaz e, em 2014, chamou de palhaçada total o fato de o Senado não aprovar a redução da maioridade penal, ele tirou o seu perfil do Facebook do ar.

João Victor foi morto em 16 de fevereiro na porta do Habib’s da Zona Norte de São Paulo, logo após uma confusão com funcionários da lanchonete. Pelo menos duas testemunhas viram o menino ser agredido por seguranças do local. O laudo do médico praticamente isenta o Habib’s de responsabilidade e afirma que João Victor morreu de parada cardiorrespiratória em consequência do uso de lança perfume.

A família de João Victor vai pedir a exumação do corpo. “Tendo em vista que há várias testemunhas que viram menino levando soco a gente entende que a exumação é importante para ver um nexo”, disse o advogado da família da vítima, Gustavo Moscan da Silva, à GloboNews.

“Estranha o laudo ser rápido e informar só isso. Queremos exumação para saber se as agressões não tiveram a ver com a morte do menino, ou se as agressões ajudaram a ele ter o ataque cardíaco.”

 



No artigo

x