“Tenho horror à maconha, mas sou a favor da legalização”, diz Caetano Veloso

O cantor e compositor Caetano Veloso declarou, através de postagem no Instagram de sua esposa, a produtora Paula Lavigne, que não fuma maconha, mas é a favor da liberação.

1060 0

O cantor e compositor Caetano Veloso declarou, através de postagem no Instagram de sua esposa, a produtora Paula Lavigne, que não fuma maconha, mas é a favor da liberação.

Da Redação

O cantor e compositor Caetano Veloso declarou, através de postagem no Instagram de sua esposa, a produtora Paula Lavigne, que não fuma maconha, mas é a favor da liberação.

“Tenho horror à maconha. A sensação que me provoca é péssima. Experimentei nos anos 60 e odiei, detestei. Mas eu sou a favor da liberação e legalização da maconha. Aliás, de todas as drogas”.

Mais cedo, Paula publicou um vídeo em que defende o uso de maconha, da mesma forma como ocorre no Uruguai. “Estamos aqui na rua em Montevidéu com um baseado na mão, super legalizado, sem problema nenhum, coisa que a gente tem que fazer no Brasil”, comentou, ao lado de seu amigo, Tino Moretti.

Em seguida, Paula continuou: “A gente tem que descriminalizar a maconha no Brasil para abrir vagas nos presídios para os políticos. Se não a gente não vai ter vaga. Lugar de maconheiro não é na prisão…”. “É na rua”, completou o amigo”.



No artigo

x