Em vídeo, Bolsonaro faz piada com feminicídio e porte de armas

Deputado tentou fazer uma "homenagem" às mulheres, mas ironia do político causou revolta nas redes.

1881 0

Deputado tentou fazer uma “homenagem” às mulheres, mas ironia do político causou revolta nas redes

Por Redação

Circula pelas redes sociais um vídeo em que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) envia uma mensagem pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 8. A gravação foi postada na página “Nas Ruas”, no Facebook, que surgiu para chamar pessoas para se manifestarem contra a ex-presidenta Dilma Rouseff.

“Parabéns a todas as mulheres do Brasil porque eu defendo a posse de armas de fogo para todos, né? Inclusive vocês, obviamente, as mulheres. Nós temos de acabar com o mi-mi-mi. Acabar com essa história de feminicídio, que, daí, com arma na cintura, vai ter é homicídio”, afirmou o parlamentar.

A líder do movimento “Nas Ruas”, Carla Zambelli, riu da declaração, mas o fato de o político fazer piada com um assunto tão sério gerou uma série de críticas ao vídeo. “Solução para o Brasil, armar a população? Meu Deus!”, escreveu um internauta. “Como pode defender um cara que apoia o estupro?”, questionou outro. “E é alguém que incita o homicídio que vocês querem como presidente?”, indagou um terceiro.

Assista a seguir.



No artigo

x