Dilma denuncia ameaça à liberdade de imprensa e se solidariza com Eduardo Guimarães

“Sou solidária ao Eduardo porque sei como é duro ter de se explicar por pensar e escrever”, disse a ex-presidenta pelo Facebook. Mais cedo, jornalista foi alvo de condução coercitiva da Polícia Federal para...

935 0

“Sou solidária ao Eduardo porque sei como é duro ter de se explicar por pensar e escrever”, disse a ex-presidenta pelo Facebook. Mais cedo, jornalista foi alvo de condução coercitiva da Polícia Federal para que revelasse sua fontes

Por Redação

A ex-presidenta Dilma Rousseff usou seu perfil no Facebook, na tarde desta terça-feira (21), para prestar solidariedade ao jornalista Eduardo Guimarães e denunciar a ameaça à liberdade de imprensa com a condução coercitiva do editor do Blog da Cidadania. Dilma, que foi presa e torturada na ditadura militar, disse que sabe “como é duro ter de se explicar por pensar e escrever”.

“Com apreensão, recebi a notícia de que Eduardo Guimarães, jornalista e editor do Blog da Cidadania, foi levado em condução coercitiva, às 6h da manhã, à sede da Polícia Federal, em São Paulo, para prestar esclarecimentos. A ele foi pedido que revelasse suas fontes. O episódio é grave. Ameaça a liberdade de imprensa e de expressão, garantidas pela Constituição. Sou solidária a Eduardo porque sei como é duro ter de se explicar por pensar e escrever”, postou a ex-presidenta.

Leia também: “Condução coercitiva foi arbitrária e é perseguição política”, diz blogueiro

O blogueiro  foi levado de sua casa nesta terça-feira (21), às 6h da manhã, para a Superintendência da Polícia Federal, na Lapa, zona Oeste de São Paulo. Notebooks, celular e outros equipamentos de trabalho foram levados.  A razão seria uma investigação sobre uma notícia publicada pelo blog, onde Guimarães antecipava a condução coercitiva de Lula, com exclusividade.

Eduardo Guimarães já foi liberado e um ato em solidareidade ao jornalista e para denunciar os ataques à imprensa está marcado para às 19h desta terça-feira (21) no Sindicato dos Engenheiros, em São Paulo.

 



No artigo

x