Ato do MBL na Paulista é tão pífio que até Frota se decepciona

Kim Kataguiri e Janaína Paschoal discursaram para um público que não chegou a 300 pessoas; em todas as capitais onde o grupo tinha marcado protestos a adesão foi baixa. Nas redes, internautas ironizaram Por Redação...

2126 1

Kim Kataguiri e Janaína Paschoal discursaram para um público que não chegou a 300 pessoas; em todas as capitais onde o grupo tinha marcado protestos a adesão foi baixa. Nas redes, internautas ironizaram

Por Redação

O Movimento Brasil Livre (MBL) esperava, em São Paulo, o maior público de todos os atos marcardos para este domingo (26) em diversas capitais do país. A participação do público na capital paulista, no entanto, foi pífia. Menos de 500 pessoas compareceram, até o momento, ao protesto que tinha como pautas de reivindicação o fim do foro privilegiado, “o fim do privilégio para marajás”, o “fim do Estatuto do Desarmamento”, entre outros “fins”. Os grupos organizadores são os mesmos que convocaram as manifestações de direita pró-impeachment nos últimos dois anos.

Kim Kataguiri, um dos líderes do grupo, e a jurista Janaína Paschoal, coautora da peça que originou o processo de impeachment na Câmara, discursaram para menos de 300 pessoas.

DIscurso de Kim Kataguiri na Paulista. (Reprodução/Twitter)
Discurso de Kim Kataguiri na Paulista. (Reprodução/Twitter)

O ator Alexandre Frota, apoiador do movimento, se decepcionou quando viu a baixa adesão e postou a foto abaixo no Twitter.

Frota se decepcionou. (Reprodução/Twitter)
Frota se decepcionou. (Reprodução/Twitter)

“Quando esses movimentos Vem p Rua, Nas ruas, Mbl fazem manifestação pautados por partidos e políticos povo não aparece, por isso MCC não veio”, escreveu.

Em outras capitais do país a adesão do público também foi baixa.

Nas redes socias, internautas tiraram sarro.

“Se eu soubesse que ia ser assim até teria ido para dar uma ajudada”, brincou uma usuária do Twitter. Outro postou uma foto na avenida Paulista vazia dizendo: “Aqui uma foto para vocês usarem em matérias sobre a manifestação de hoje”.

Confira algumas imagens.

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
Salvador
Salvador
Paraíba
Paraíba
Brasília (Foto: Igor Felippe)
Brasília (Foto: Igor Felippe)
Brasília (Foto: Igor Felippe)
Brasília (Foto: Igor Felippe)
São Paulo (Foto: Breno Deffanti/Rede Fórum)
São Paulo (Foto: Breno Deffanti/Rede Fórum)
Belém (Reprodução/Facebook)
Belém (Reprodução/Facebook)
RIo de Janeiro (Reprodução/Twitter)
RIo de Janeiro (Reprodução/Twitter)



No artigo

1 comment

  1. Roberto Responder

    A destruição da CLT atingiu em cheio justamente os assalariados que ganham “bem” (R$ 15 mil por mês é ganhar bem??). Boa parte desses é coxinha. Mas eles não se animaram a ír pra rua num domingo, para dar apoio a um governo que está ferrando com eles. Ao invés disso, ficaram em casa vasculhando sites de emprego.


x